Principais Notícias

Trabalhar a inteligência emocional na primeira infância é assegurar uma vida adulta com menos conflitos e maior independência

Ajudar a formação de indivíduos emocionalmente seguros, que trabalham a liderança, autocuidado, responsabilidade, empatia e muitos outros comportamentos positivos é algo que pode ser feito ainda na infância, dando a essas pessoas a possibilidade de uma juventude e vida adulta ainda com menos conflitos pessoais e de relacionamento, impactando fortemente a sua qualidade de vida. 

É o que propõe os cursos do centro de formação do  High Kids Leaders, que conta com formações para crianças a partir dos quatro anos. “Atualmente, crianças e adolescentes têm uma enorme demanda emocional. Trabalhar essas questões na primeira infância é uma forma de criar um preparo funcional que eles levarão ao longo de toda a sua vida”, afirmou o gestor do centro, André Amaral. 

As práticas são desenvolvidas para crianças de 7 a 11 anos e uma outra formação para os adolescentes de 12 até 17 anos. Em ambas possibilidades, os alunos são apresentados a exercícios de autoconhecimento, automotivação, liderança, empatia e muitas outras questões.

“Para as crianças menores, trabalhamos os módulos de inteligência emocional, onde aprendem a lidar de forma prática e dinâmica com suas emoções; liderança, com a prática de habilidades de comunicação e socialização; inteligência financeira, aprendendo a gerenciar seus rendimentos, precificação e o módulo de empreendedorismo, onde os pequenos aprendem a colocar em práticas projetos e estratégias, tudo de acordo com sua idade e entendimento”, afirmou André.

Já para os adolescentes, são apresentadas as mesmas práticas, mas de forma muito mais aprofundada. Dentre as questões trabalhadas com este público estão a diminuição de inibição e a formação de habilidades de empreendedorismo e persistência.

O High Kids Leaders é conveniado ao Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Amazonas (Sindsemp-AM), possibilitando aos seus 330 filiados descontos especiais nos pacotes de formação para si e seus dependentes. 

“O conceito de trabalhar a prática da educação emocional ainda na primeira infância causa um impacto extremamente positivo na vida de qualquer cidadão. Sabemos que muitos de nós, adultos dessa geração, teríamos bem menos conflitos e limitações emocionais se tivéssemos trabalhado essas questões o quanto antes. Por isso, buscamos oferecer esse serviço aos nossos servidores e suas famílias, pois temos certeza dos benefícios que a formação trará para todos”, afirmou Marlon Bernardo, presidente do sindicato. 

As novas turmas terão início no dia 11 de fevereiro e mais informações podem ser obtidas através do número de whatsapp (92) 98472-1992.

Por Alessandra Mourão

COMPARTILHAR

Related posts

Entidades privadas e governamentais receberam doações de EPIs doados pelo Casarão de Ideias e Espaço Me Viro

Redação

A Abrasel no Amazonas lança “Festival Comer Bem”, totalmente digital

Redação

Orgulho LGBTQIA+ é caminho para saúde mental e bem-estar coletivo

Redação

Deixe um comentário