Manaus Principais Notícias

Com dívida que supera o valor de R$39 milhões, Arena da Amazônia e outras unidades não essenciais são cortadas por débitos nesta terça-feira

Nesta terça-feira (24), a Amazonas Energia promoveu o corte por débitos da Arena da Amazônia e Arena Amadeu Teixeira, por falta de pagamento de contas de energia elétrica.

Ao todo, a dívida já supera o valor de R$39 milhões para as duas unidades consumidoras, desde o ano de 2016 até o presente ano. Após sucessivas tentativas de negociações amigáveis e com notificação prévia, a Amazonas Energia executou o corte das unidades consumidoras, consideradas serviços não essenciais e, portanto, passíveis de corte, perante a lei.

A Arena da Amazônia, durante todo o ano de 2022, acumulou uma série de eventos realizados, movimentando novamente o local e enchendo o estádio de pessoas sem, no entanto, promover o pagamento das contas de luz mensais, acumulando dívidas mês a mês.

A manobra de corte por inadimplemento, precedida de comunicação, está prevista no art. 360 da Resolução nº 1.000/2021 – ANEEL, sendo enviada de forma escrita ao Governo do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Amazonas Energia – Rodrigo Felix

COMPARTILHAR

Related posts

Não podemos ter medo de emprestar dinheiro para pobre, diz Lula

Redação

TSE aprova criação do PRD, resultado de fusão entre PTB e Patriota

Redação

NUNCA DEIXE DE SONHAR: Ícaro & Gilmar gravaram DVD histórico em Goiânia

Redação

Deixe um comentário