Entretenimento Principais Notícias

Como está sendo o retorno do Telegram para o dono do terceiro maior canal na plataforma

Referência em investimentos esportivos, Lucas Tylty tem um público de mais de 600 mil no aplicativo

No último sábado (29) o Tribunal Regional Federal da 2ª Região decidiu revogar a liminar da Justiça Federal do Espírito Santo que determinava a suspensão do serviço do Telegram no Brasil. O magistrado Flávio Lucas permitiu o funcionamento do aplicativo após analisar e aceitar os argumentos da empresa, porém manteve a multa de R $1 milhão por dia por não entregar dados de integrantes de grupos neonazistas. Com isso, nesta terça-feira (2) milhares de usuários conseguiram usar o aplicativo novamente sem nenhum problema aparente. 

O famoso influenciador e investidor esportivo Lucas Tylty, que ganhou notoriedade nacional depois de assistir as 64 partidas da Copa do Mundo 2022, tinha sido uma das pessoas mais afetadas pelo bloqueio do app, já que é dono do terceiro maior canal da plataforma – confira aqui

Diariamente, Tylty fala para mais de 600 mil pessoas e dá conselhos sobre investimentos no mercado esportivo para que seus seguidores não perdessem dinheiro na área. Com uma carreira de mais de 10 anos, o influenciador é o maior destaque do ramo, e agora conta como está sendo a volta de seu canal:“Nem acreditei quando vi que estava tudo voltando ao normal. O Telegram é um aplicativo muito útil, prático e necessário para todos. Novamente, não estou falando quem está certo ou errado, confio na justiça e nas consequências que a plataforma vai ter que arcar, mas fico muito feliz que ela tenha voltado”, conta o influenciador. “Vamos voltar com tudo no canal. Demorei anos para conquistar meu espaço e meu público, não é agora que eu vou desistir”.

Por Bruna Teles – Caldi Comunicação

COMPARTILHAR

Related posts

Plenário do TSE confirma multa de R$ 22,9 milhões ao PL

Redação

Thiago Brennand será ouvido em 21 de junho, diz TJSP

Redação

Governadora do Ceará será nova secretária executiva do MEC

Redação

Deixe um comentário