Entretenimento Principais Notícias

Se arrependeu? Especialista explica se é possível reverter o preenchimento labial

Manter o equilíbrio para a sua melhor versão em qualquer procedimento estético é o recomendado pelos especialistas que trabalham com harmonização facial (HOF). Entre as principais técnicas que geram arrependimentos pelo excesso ou deformidade conforme a imagem que a pessoa quer passar é o preenchimento labial. Há muitos casos, incluindo artistas bastante famosos, que se arrependeram e deram o que falar na mídia. Mas como evitar desgosto na hora de olhar no espelho após o procedimento?

Drª Cynthia Cardoso

Segundo Cynthia Cardoso, mestre em Ortodontia, especialista em Harmonização Orofacial e professora de pós-graduação na StarClass Cursos, escola especializada em harmonização facial, o planejamento feito pelo profissional é fundamental para entender qual o objetivo da paciente. A ideia é preservar os traços, fazendo um contorno labial que vai adicionar o produto ao longo da boca apenas reforçando aquele desenho natural da boca para evitar aquela aparência “falsa”, que faz a paciente muita das vezes se arrepender.

“Muitas pessoas têm vontade de ter lábios mais carnudos, mas receiam que fazer um tratamento para preencher o lábio vá modificar as feições naturais do seu rosto. A gente precisa escolher lábios conforme a sua beijabilidade. Lábios com estrutura natural, que ele fique bonito na hora de falar e de beijar. Ele tem que chamar a atenção de uma forma positiva.

O uso de preenchedores faciais ocupa uma posição de grande destaque entre as opções estético
funcionais atualmente disponíveis em todo o mundo. Essesd procedimentos não cirúrgicos injetáveis, como a aplicação de botox e o preenchimento facial, aumentou 24,1% entre 2016 e 2020, segundo um relatório da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, em inglês). 

Quando o exagero toma o espaço do equilíbrio só sobra o arrependimento. Esses foram os casos da humorista e influenciadora Gkay, da cantora Gaby Martins, da advogada Deolane Bezerra e de Flávia Pavanelli.

“Tirei minha boca”, escreveu GKay nas redes sociais ao publicar uma montagem em que exibe a diferença. A humorista foi duramente criticada por seus seguidores após mudar completamente a estrutura do seu rosto. Ela ainda tem feito as reversões, que só foram possíveis com o uso adequado de um tipo de material.

Segundo Cynthia Cardoso, normalmente, os profissionais utilizam o ácido hialurônico – que tem a vantagem da reversibilidade. O profissional precisa analisar o formato inicial do lábio, a estrutura e, principalmente, o modelo de imagem que o paciente quer. Ela explica como utiliza a técnica do visagismo na harmonização facial.

“A diferença de um profissional que não tem o visagismo como recurso de diagnóstico é que ele vai ser bom na técnica, mas o profissional que tem o visagismo no seu planejamento vai pensar no objetivo de imagem do cliente associado à técnica. Ele pode potencializar os resultados para que o paciente saia mais seguro no ambiente que ele quer se projetar: seja no trabalho ou na vida pessoal”.

Os lábios dos pacientes podem ficar inchados até 48 horas após a realização do procedimento, e em poucos dias os resultados á são aparentes. Em casos de remoção do preenchimento labial, os profissionais utilizam uma enzima chamada hialuronidase para dissolver o ácido hialurônico. Após a aplicação, o tempo para que o preenchimento seja dissolvido e o rosto do paciente volte ao normal costuma variar de corpo para corpo.

Por BS2 Comunicação

COMPARTILHAR

Related posts

Aberto o prazo para empresas enviarem relatório de comercialização de medicamentos

Redação

ICMBio lança plataforma com dados sobre espécies ameaçadas de extinção

Redação

Dono da Lindopan Casa de Pães é preso por receptar, adulterar e clonar carros de luxo roubados

Redação

Deixe um comentário