Brasil Principais Notícias

PF faz operação para desarticular tráfico internacional de drogas

Ação cumpre mandados em seis estados

A Polícia Federal (PF) faz operação, na manhã desta quinta-feira (11), contra organização criminosa que atua no tráfico internacional de drogas. Batizada de Helix, a ação cumpre dez mandados de prisão e 43 mandados de busca e apreensão no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Minas Gerais. Em postagem no Twitter, o ministro da Justiça, Flávio Dino, informou que, até o momento, sete pessoas foram presas.

“Polícia Federal realiza hoje duas operações no Paraná. Uma é relativa a financiamento de atos golpistas de 8 de janeiro, com o cumprimento de 44 mandados de busca e apreensão. Outra operação é relativa a tráfico de drogas, com 7 presos (até o momento). Em ambos os casos, a meta é a mesma: garantir a autoridade da Lei em defesa da sociedade”, disse o ministro.

Em dois anos de investigação contra essa organização, segundo a polícia, foram apreendidos 2,7 mil kg de cocaína, além de nove helicópteros e um caminhão, que eram utilizados para o transporte da droga vinda do Paraguai.

Também foram autorizados pela Justiça, o sequestro de diversos bens móveis, como automóveis e helicópteros, e de um imóvel vinculado à organização criminosa. A PF informou que os valores estimados ultrapassam R$ 30 milhões. Foram feitos ainda bloqueio de valores e contas bancárias das pessoas e empresas envolvidas.

A ação conta com cooperação jurídica e policial do Paraguai, pois foi identificado que os carregamentos da droga eram feitos em uma fazenda nesse país. Há tentativa de cumprimento de um mandado de prisão contra um dos investigados que está no país vizinho. Participam da ação a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) e o Ministério Público Paraguaio.

Publicado por Agencia Brasil

COMPARTILHAR

Related posts

Procon-AM notifica farmácias e pede esclarecimentos sobre preços de remédios durante pandemia de Covid-19

Redação

Vendas de vinil ultrapassam as de CD pela primeira vez desde 1987

Redação

Exposição no Rio explora conexões entre tecnologia e natureza

Redação

Deixe um comentário