Entretenimento Principais Notícias

Luan Santana apresenta o seu festival debaixo de chuva e emociona público em Salvador

Evento, que aconteceu na Arena Fonte Nova, contou com Simone Mendes, Calcinha Preta e Nattan

A chuva ininterrupta não impediu um público eufórico de lotar a Arena Fonte Nova domingo (5:5) à espera de Luan Santana e seus convidados. A emoção começou a tomar conta do estádio às 15h, quando os portões foram abertos para o “Luan City Festival Salvador”. O evento contou shows de Berguinho, Calcinha Preta, Simone Mendes, Nattan e, claro, do anfitrião.

Por volta das 15h30, o baiano Berguinho promoveu o pontapé inicial ao Festival, dando as boas-vindas ao evento que, há meses, gerava expectativa na capital da Bahia. A seguir, a consagrada banda Calcinha Preta levou o público ao delírio com os seus hits “Você não vale nada”, “Mágica”, “Sem Explicação”, “Pouca Roupa”, “Agora estou sofrendo”,  “Degrau na escada” entre outros. Daniel Diau, Silvânia, Ohara R’Avick e Bel Olliver foram acompanhados do início ao fim do show pelos fãs, que também aplaudiram e abraçaram a participação da forrozeira Eline Martins.

Já era noite, cerca de 18h30, quando Simone Mendes soltou a voz em “Erro Gostoso”, “Dois Tristes”, “Manda um oi”, “Dois Fugitivos” e ainda “O Violão e nosso cachorro”. Passava das 20h, quando Nattan foi recebido com muito entusiasmo pela plateia, que vibrou com as músicas  do cantor, como “Amor na Praia”, “Golzinho Vermelho”, “Love Gostosinho” e “Comunicação falhou”. 

Às 22h em ponto, Luan Santana ecoava “Deus é Muito Bom”, acompanhado em coro pelos fãs. A chuva, mais intensa, seguiu por duas horas, tempo que o artista, literalmente, emocionou o público com seu repertório. “Meio Termo”, “Vai Chorar no Carro”, “Tímida”, “Calvin Klein”, “Sem Sentimento”, “Mulher Segura”, “Chuva de Arroz”, “Morena”, “Tudo o que você quiser”, “Coração Cigano”, “Abalo Emocional”, “De Javu”, “Pega Escandaloso” e grandes hits de carreira como “Meteoro” e “Sinais” levaram os luanetes a dançar, chorar, aplaudir e vibrar, debaixo de chuva. Esse é um dos motivos, além do talento inquestionável, que consagra Luan Santana como uma dos maiores artistas do Brasil, que torna cada show do “Luan City Festival” inesquecível.

(Arleyde Caldi)

COMPARTILHAR

Related posts

MEC divulga novos prazos de inscrição para o Sisu, Prouni e Fies

Redação

Exposição conta, no Rio, história dos periódicos do país

Redação

A concretização de um sonho por meio da união: como nasceu a primeira associação de mulheres indígenas de Tapauá

Redação

Deixe um comentário