Brasil Principais Notícias

Inscrições abertas para curso gratuito de capacitação em TI para mulheres e pessoas trans de todo Brasil

O Programa Descodificadas está recrutando mulheres e pessoas trans de todo o Brasil, com 16 anos ou mais, para um jornada de capacitação e ingresso no mercado profissional da Tecnologia da Informação (TI), com foco em Desenvolvimento Web. O curso virtual é totalmente gratuito e as inscrições seguem abertas até 31 de julho, por meio do site: descodificadas.com.br/inscricao/.

A jornada é promovida pela HR Descod Tech, uma iniciativa inovadora criada em 2019 como uma spin-off da startup NFE.io. O mercado da tecnologia está em constante crescimento e com demanda aquecida por profissionais qualificados. Segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), serão necessários aproximadamente 159 mil profissionais por ano para suprir a demanda. Com isso, a necessidade de desenvolver talentos se torna ainda mais evidente.

Acompanhada de uma metodologia simples, prática e inclusiva, nestes três anos, o Programa Descodificadas já recebeu mais de cinco mil inscrições, com mais de dois mil alunos impactados nas etapas iniciais, 450 participantes nas trilhas de aprendizagem e 30 profissionais inseridos no mercado profissional.

Francisco Felinto da Silva Júnior, atual Chief Learning Officer and Innovation da NFE.io, destaca que o curso foi pensado e adaptado para os estudantes, mantendo a qualidade em suas formações.

“Não é uma jornada de curta duração. Pelo contrário, ela é sofisticada, intensa e completa para que todos os estudantes sejam capazes de resolver os desafios do mercado de trabalho. Nós tornamos isso realidade, pois temos uma metodologia que incentiva a autonomia e a responsabilidade no processo de aprendizagem. Em outras palavras, o estudante acredita no seu potencial e desenvolve as habilidades necessárias para seguir carreiras relacionadas aos seus propósitos de vida”, enfatiza.

Uma das impactadas pelo Descodificadas é Simone Silva, de 47 anos, da cidade de Salvador (BA), que viu no programa uma oportunidade para conhecer uma área totalmente diferente:

“Escolhi o Descodificadas por ser um programa destinado a mulheres, onde vi uma oportunidade de aprender algo desafiador. Ter outras mulheres começando do zero, como eu, me motivou a continuar. Gostei muito das mentorias bem detalhadas e, acima de tudo, da paciência das mentoras, já que éramos leigas em programação. Indico o Descodificadas para mulheres maduras que desejam se descobrir, se desafiar e deixar de lado todo o preconceito sobre programação. Juntas somos poderosas”, frisa a nova desenvolvedora.

O programa é dividido em ciclos semestrais, com duração de dois anos. A primeira fase se chama “Trilha Zero”, um espaço de acolhimento e orientações. Após isso, os alunos passam por quatro trilhas de capacitação: “descobrindo o caminho para a programação web”, “avançando no caminho para a programação web”, “construindo e integrando aplicações de Front-end”, e “construindo e integrando aplicações de Back-end”.

Cada trilha de formação dura 20 semanas, quando são encerradas com o desenvolvimento de um produto digital que pode ser aproveitado como portfólio para ingresso no mercado profissional.

HR DESCOD TECH

É uma startup no setor de tecnologia de recursos humanos, especializada no desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas em competências socioemocionais. Nosso compromisso é capacitar as pessoas, proporcionando as habilidades necessárias para se adaptarem às demandas em constante evolução do mercado de trabalho. Acreditamos que a tecnologia desempenha um papel fundamental na aquisição de conhecimento e na criação de conexões significativas no mundo profissional.
— 
Fonte: Up Comunicação Inteligente – Emanuelle Aráujo

COMPARTILHAR

Related posts

NOVA OPORTUNIDADE DE NEGOCIAÇÃO: Amazonas Energia oferece até 90% de desconto no Feirão do Consumidor

Redação

Aterro sanitário de Iranduba será tema de audiência pública neste domingo (22)

Redação

Reforma tributária terá novos ajustes e será votada nesta quinta-feira

Redação

Deixe um comentário