Brasil Principais Notícias

Hub de Bioeconomia Amazônica amplia rede conectando soluções da Amazônia com ecossistemas de outras regiões do Brasil e do mundo

O poder da bioeconomia, principalmente na Amazônia, é um forte aliado no combate à crise climática e integra uma das soluções para o desenvolvimento sustentável, com uma transição justa para modelos econômicos de baixo carbono. 

Quem desenvolve ações para visibilizar e disseminar estas soluções é o Hub de Bioeconomia Amazônica, criado em 2020 com o objetivo de conectar, articular e amplificar experiências e soluções para a promoção de uma bioeconomia amazônica inclusiva. O Hub está em expansão e com processo de adesão de novos membros que compartilham os mesmos valores: conexão, cooperação, transparência e integridade. 

“O Hub está sediado no escritório da Fundação Amazônia Sustentável, em Manaus, e busca construir pontes e diálogos, com o objetivo de potencializar, junto com um ecossistema diverso de atores, uma bioeconomia inclusiva na região, centrada no protagonismo e na valorização dos bens e serviços ambientais derivados do conhecimento tradicional dos povos das diversas ‘Amazônias’. Conectamos principalmente o ‘chão da floresta’ com investidores, instituições públicas e privadas, redes atuantes no ecossistema amazônico, organizações internacionais e pessoas como eu e você para promover iniciativas transformadoras”, comenta a facilitadora da iniciativa, Marysol Goes. 

Para solicitar se conectar à rede, as organizações podem preencher o formulário de Manifestação de Interesse, disponível no link https://abre.ai/f6RC. Nenhuma taxa é cobrada para adesão ao Hub. 

Podem se tornar membros do Hub, indivíduos e organizações nacionais, estrangeiras e transnacionais, de caráter formal e não formalizados, como organizações e movimentos da sociedade civil; associações profissionais, acadêmicas ou religiosas; fundações, empresas privadas e públicas; bancos e outras instituições financeiras; institutos de pesquisa, universidades e outras instituições de ensino; órgãos governamentais, intergovernamentais e multilaterais; fundos de doadores e outros que visam promover uma bioeconomia inclusiva na Amazônia. 

Os membros do Hub colaboram de diversas formas, algumas delas são: redação e divulgação conjunta de estudos e artigos; participação ou promoção conjunta de eventos, painéis e outras iniciativas; compartilhamento de informações, conhecimentos, recursos humanos, financeiros, tecnológicos e físicos para apoiar projetos; exploração de oportunidades conjuntas de angariação de fundos, trabalho em rede e incidência política, entre outros. 

“O Hub também trabalha de forma sistêmica em cinco eixos: geração de conhecimento, capacidades locais, articulação intersetorial, políticas públicas e advocacy, e mecanismos financeiros”, afirma Marysol. 

Segundo ela, os benefícios proporcionados aos membros são: Acesso a informações atualizadas sobre soluções e oportunidades para a promoção de uma bioeconomia inclusiva; Disseminação (divulgação / publicização) de eventos e projetos de membros no site do Hub, na newsletter “Biopédia Amazônica”, nos produtos de comunicação e nas mídias digitais; Apoio na divulgação de produtos e serviços de negócios para ampliar o acesso a mercados; Conexão facilitada com ampla e diversa rede de atores em escala local, nacional, panamazônica e global; Intercâmbio de boas práticas junto com organizações atuantes no enfrentamento dos principais gargalos para alavancagem de uma bioeconomia inclusiva; Convites para participação de eventos promovidos pelo Hub e/ou FAS; Engajamento conjunto em processos de formulação de políticas públicas voltadas para ao fomento da bioeconomia regional; Criação colaborativa de projetos customizados a partir de necessidades  identificadas pelos membros do Hub. Mais informações sobre o Hub, podem ser obtidas por meio do e-mail: hub@fas-amazonia.org.  

O Hub de Bioeconomia Amazônica é resultado de uma parceria entre a Green Economy Coalition (GEC), uma aliança global de organizações multissetoriais engajadas no tema, e a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), responsável por sua secretaria executiva. Atualmente, a rede conta com mais de 80 organizações e lideranças conectadas na promoção de uma bioeconomia inclusiva na Amazônia. 

Sobre o HUB 

O Hub de Bioeconomia Amazônica é uma rede local, regional e global que conecta e articula organizações e lideranças para amplificar soluções para uma bioeconomia inclusiva na Amazônia.  É secretariada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e vinculada à Green Economy Coalition (GEC), uma das maiores alianças globais de organizações multissetoriais engajadas na promoção de uma economia verde e justa no mundo. Acesse https://bioeconomiaamazonia.org/ e saiba mais. 

Sobre a FAS  

A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua pelo desenvolvimento sustentável da Amazônia por meio de programas e projetos nas áreas de educação e cidadania, saúde, empoderamento, pesquisa e inovação, conservação ambiental, infraestrutura comunitária, empreendedorismo e geração de renda. A FAS tem como missão contribuir para a conservação do bioma pela valorização da floresta em pé e de sua biodiversidade e pela melhoria da qualidade de vida das populações da Amazônia. Em 2023, a instituição completa 15 anos de atuação com números de destaque, como o aumento de 202% na renda média de milhares famílias beneficiadas e a queda de 40% no desmatamento em áreas atendidas entre 2008 e 2021. 

Sobre a SDSN Amazônia  

A Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia), é uma rede regional da bacia amazônica, que engloba 8 países, lançada pelo Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU) em 2014, e que conta atualmente com mais de 200 organizações que mobilizam conhecimentos técnicos e científicos da academia, sociedade civil e do setor privado para potencializar soluções práticas e viáveis para a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Amazônia. 

Up Comunicação Inteligente Emanuelle Aráujo

COMPARTILHAR

Related posts

NOTA OFICIAL – FURTO DE CABOS ELÉTRICOS

Redação

Justiça do Rio decreta prisão de quatro chefes de torcidas organizadas

Redação

Campanha da OMS alerta sobre malefícios do tabaco ao meio ambiente

Redação

Deixe um comentário