Manaus Principais Notícias

2ª dose da vacina contra Covid-19 para 18 anos em Maués

Sucesso da campanha de vacinação contra Covid-19, Maués mostra queda na taxa de internações e óbitos no município

O município de Maués vem se destacado na gestão da vacinação contra a Covid-19, sendo o primeiro a vacinar o público de 18 anos sem comorbidades, no início do mês de maio no Amazonas. O prefeito Júnior Leite (PSC) diz que o reflexo é nítido no Hospital Municipal Raimunda Francisca Dinelli, localizado na área urbana do município.

“Nossa Maués já está 14 dias sem internações no Hospital Dona Mundiquinha, acreditamos muito na vacinação. Fizemos um calendário que contempla desde maio todas as faixas etárias vacináveis e vacina boa é no braço”, explica Leite.

Maués registra 14 dias sem nenhuma internação de habitantes do município pelo novo coronavírus, há apenas com um paciente internado advindo do município vizinho – Boa Vista do Ramos e não registra óbitos da doença desde o dia 25 de junho.

Com isso, todos os dias as equipes do hospital estão fazendo cirurgias eletivas, que foram paralisadas devido à pandemia e, a cada fim de mês, um mutirão é realizado para grandes cirurgias.

Com o sucesso da campanha de imunização e a aceitação da população, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) retornará nas comunidades rurais, para aplicar a segunda dose da vacina.

“Nossas equipes irão aplicar a 2ª dose para o público a partir de 18 anos e também para aquelas pessoas que perderam a 1ª dose. Nossa meta é imunizar pelo menos 5 mil pessoas”, explicou o secretário da Semsa, Franmartony Firmo.

Os agentes de saúde irão percorrer a Zona Rural em lanchas, para agilizar o deslocamento. Veja o calendário abaixo:
13 de julho (terça) – Paracuni;
14 de julho (quarta) – Paraná do Urariá de Baixo;
15 de julho (quinta) – Castanhal de Baixo;
16 de julho (sexta) – Maué Miri, Lago Grande, Xibuí, Canarana e Lago Pretinho;
17 de julho (sábado) – Pupunhal, Camarão, Igarapé do Gil Laguinho, Vera Cruz, Limãozinho;

Na área urbana de Maués, a campanha continua no Ginásio Pe. Leão Martinelli, localizado na Rua Getúlio Vargas, s/n°, Centro, no horário das 09h às 17h. E é necessário levar documentos de identificação: RG, CPF e comprovante de endereço na hora da vacinação.

Fotos: Rodrigo Negreiros
Fonte: Milena di Castro

COMPARTILHAR

Related posts

Segurança é mais do que criar barreiras à escola, dizem especialistas

Redação

Amazonas tem alta de casos e déficit de leitos de UTI

Redação

Orfanato de Gatos incrementa campanha “Salve Lily”

Redação

Deixe um comentário