Agenda cultural Entretenimento Principais Notícias

Theatro Municipal do Rio inicia temporada de concertos de 2023

Abertura será dia 10 com a Sinfonia nº 9 em opus 125, de Beethoven

O Theatro Municipal do Rio de Janeiro (TMRJ) inicia, no próximo dia 10, a temporada 2023 com a série de concertos Celebrações, que homenageia compositores da música internacional, entre eles Beethoven, Camille Saint-Saëns, Tchaikovsky, Wagner, Berlioz, Verdi e Adolphe Charles Adam. “Na nossa temporada de concertos, nós contemplaremos todos esses gênios da música”, disse o diretor artístico do teatro, Eric Herrero.

Segundo ele, o Municipal voltará com força total, em sua temporada artística até o fim do ano, sem interrupções, como ocorreu no ano passado. “A expectativa é repetir o sucesso registrado em 2022. O público voltou com muita força”, disse. 

Os concertos têm classificação livre e brindam o público com uma palestra gratuita uma hora antes de cada espetáculo, no Salão Assyrio. Os ingressos têm preços que vão desde R$ 15 (galerias lateral e central), R$ 30 (balcão superior lateral e balcão superior) e R$ 40 (plateia e balcão nobre) até R$ 60 (ingresso individual para frisas e camarotes) ou R$360 (seis lugares). Eles podem ser adquiridos no site do teatro.

Nos dias 10 e 11 deste mês, o teatro apresenta no seu palco principal a Sinfonia nº 9 em opus 125, de Ludwig Van Beethoven, com a participação do Coro e da Orquestra Sinfônica da casa (OSTM). No dia 10, o espetáculo será às 19h e, no dia seguinte, às 17h, tendo como solistas Michele Menezes (soprano), Andressa Inácio (contralto), Fernando Portari (tenor) e Savio Sperandio (baixo). A regência ficará a cargo do maestro titular da OSTM, Felipe Prazeres.

Nos dias 15, às 12h, e 16, às 14h, serão apresentadas duas edições do Concerto Didático para Escolas, com O Carnaval dos Animais, de Camile Saint-Saëns, com a Orquestra Sinfônica do teatro e os pianistas Katia Baloussier e Murilo Emereciano. “Foi um grande sucesso no ano passado e muitas pessoas pediram para repetir”, disse Herrero.

Abril

Em abril, o Concerto Sinfônico celebra os 130 anos de morte de Tchaikovsky, dentro da série Celebrações, com o Concerto para violino em Ré Maior, Opus 35, e o Concerto para piano, Opus 23, cujos solistas serão Ricardo Amado, no violino, e Álvaro Siviero, no piano, sob a regência do maestro Felipe Prazeres. Dia 20, haverá pré-estreia às 12h (para escolas) e, no dia 22, às 17h.

Ainda em abril, dentro do projeto Música Brasileira em Foco, haverá pré-estreia no dia 28, às 12h, para escolas, da ópera em concerto cênico Piedade, de João Guilherme Ripper, com os solistas Johnny França, Gabriella Pace, Ricardo Gaio e, no violão, Cyro Delvizio. O regente será o maestro Silvio Viegas. No dia 29, a sessão começará às 17h. A ópera trata da tragédia envolvendo o escritor Euclides da Cunha.

Eric Herrero informou que, em maio, o Theatro Municipal será palco do Concerto Coral Sinfônico, dentro da série Celebrações, comemorando os 210 anos de nascimento de Giuseppe Verdi, com a Missa de Réquiem. Os solistas serão Marly Montoni, Denise de Freitas, Paulo Mandarino e Hernán Iturralde. Segundo o diretor artístico, o espetáculo “mostra toda a força e esplendor do coro do Theatro Municipal, agora com sua energia renovada, com as contratações feitas no ano passado”. A regência será de Tobias Volkmann. O concerto está previsto para o dia 12, às 19h, e o dia 13, às 17h.

Também em maio, nos dias 26, às 19h, e 27, às 17h, o Municipal do Rio receberá o Concerto Sinfônico O Grande Encontro, no qual a Orquestra Sinfônica do teatro convida a Sinfônica Brasileira (OSB) para celebrar Hector Berlioz (220 anos de nascimento). No programa, as obras O Corsário, opus 21 – Abertura, A Danação de Fausto – Marcha HúngaraCarnaval Romano – Abertura. “As duas orquestras estarão juntas no palco e os dois grupos sendo regidos pelo maestro Felipe Prazeres”, disse Herrero. As orquestras tocarão também para o público, no mesmo programa, obras de Richard Wagner (140 anos de falecimento): Lohengrin – Prelúdio do Terceiro AtoTristão e Isolda – Prelúdio e Morte do Amor e Tannhäuser –Abertura. Haverá participação especial da soprano Eliane Coelho.

Especiais

O diretor artístico destacou que, em comemoração aos 90 anos do coro do TMRJ, a serem completados em agosto, o equipamento apresentará ao público duas peças que há muito não são realizadas pelos corpos artísticos da casa: a 9ª Sinfonia, de Beethoven, e o Réquiem, de Verdi. O coro será acompanhado pela OSTM.

Herrero adiantou que ainda no primeiro semestre serão apresentados dois balés e mais uma ópera importante para o aniversário do teatro. Estarão reunidos os três corpos artísticos da casa: coro, orquestra e balé, para comemorar os 114 anos do teatro. “O evento será no dia 14 de julho, com pré-estreia aberta ao público. Os nomes dos espetáculos ainda não estão confirmados.

Publicado por Agencia Brasil

COMPARTILHAR

Related posts

Bailinho de Carnaval da Casa Vhida

Redação

Estou tranquila, diz Nísia sobre pressão para trocar comando na Saúde

Redação

Mudança em política da Petrobras deveria acompanhar reoneração

Redação

Deixe um comentário