Manaus Principais Notícias

PRÊMIO MONÓCULO DE IMAGEM 2020

Em sua segunda edição, o Prêmio Monóculo de Imagem abre a oportunidade para a produção de vídeos como parte de suas atividades.

A premiação, que também envolve caráter educativo e empreendedor da classe de fotógrafos e videomakers do Estado, acontece no dia 18 de janeiro de 2020, no Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro), a partir das 17h.

A entrada é gratuita, mas haverá arrecadação de alimentos não perecíveis e latas de leite ninho, em prol da Ação Social “Ribeiros e Ribeirinhos”. Valeressaltar que a contribuição é de forma espontânea e voluntária, não sendo condicionante para acesso ao evento.

Para o fotógrafo Michell Mello, idealizador do prêmio, a necessidade de impulsionar a cultura fotográfica no Amazonas para outros nichos de público éo que mais lhe motiva a empreender neste segmento. “Precisamos respirar mais imagem. Incentivar no público a cultura do olhar, o olhar pensante e olhar do mundo a sua volta”, destaca Mello.

O prêmio também é um momento para celebrar as realizações no campo da arte fotográfica e cinematográfica no Amazonas.

“Isso tudo começou há alguns anos com o fotoclube Escrita da Luz, que reuniu fotógrafos importantes do cenário local, onde mobilizamos a cidade para promover a atividade da fotografia. Mas foi há dois anos, no Dia do Fotógrafo, em janeiro, que tomei a decisão de investir nessa mobilização pela fotografia. Este ano resolvi convidar colegas fotógrafos para experimentar como produzir uma atividade cultural em forma de evento comemorativo paraa classe”, explica o fotógrafo.

O prêmio:

O Prêmio Monóculo de Imagem irá homenagear Fotógrafos e Videomakers que atuam no Amazonas com destaque local, nacional e internacional. “Muitos dos homenageados foram premiados durante o ano edestaque em cenários diversos, como Adriana de Lima, Gisele Gomes, Diogo Tompsom, Anne Lucy, Roberto Lélis, Eliton Gomes, Daniel Brandão, Julian Aude, Dane Nazareno, Ellen Gatto, Wandercley de Melo Ramos, Meire Botelho, Núbia Lima, Francisco Alves de Lima (Padre), Rômulo Trindade e outros”, pontua Mello.

Durante o evento, haverá ainda a premiação de novos talentos da fotografia, em uma homenagem ao fotógrafo Alexandre Fonseca, falecido em dezembro de 2019. Coordenador do Fotoclube “A Escrita da Luz”, Alexandre fez muito pela fotografia amazonense.

O evento seguirá com palestras sobre fotografia de parto e na área de vídeo, audiovisual vida e negócio, finalizando com videojornalismo na cobertura de matérias diversas. “Mudamos a programação e diversificamos a grade inserindo também as exposições fotográficas e outras atividades surpresas”, finalizou Mello.

Atividades – Para Michell, 2019 foi um ano produtivo com a realização de“Saídas Fotográficas”, curso digital com alunos do Centro de Tecnologia do Amazonas (Cetam).

Em parceria com a fotógrafa Adriana de Lima, Michell já realizou atividades como gincana de fotografia analógica e digital, com o objetivo de promover o contraponto entre as duas técnicas e ampliar a apreciação e prática de novos amantes da fotografia pela cidade de Manaus.

Promoveu ainda curso de fotografia analógica com Carlos Navarro Infante, veterano de 53 anos de profissão, além de atividade em parceria com o Núcleo de Fotografia e Vídeo do Amazonas da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas (SEC).

COMPARTILHAR

Related posts

Lula diz que não venderá empresas públicas

Redação

Evoney Fernandes, o ‘pai da seresta’, lança “Atira Covardo”, seu novo EP para o São João

Redação

Morata defende que racistas sejam proibidos de entrar nos estádios

Redação

Deixe um comentário