Brasil Principais Notícias

Polícia usará detectores de metais no réveillon do Rio

Medida visa evitar uso de armas e materiais cortantes

Os milhares de turistas e moradores do Rio que forem a Copacabana para a festa de réveillon, no dia 31 próximo, passarão por revistas feitas pela polícia antes de chegarem à praia. Para isso serão usados detectores de metais visando coibir o uso de materiais cortantes ou armas. A novidade foi divulgada nesta terça-feira (27), durante entrevista da Polícia Militar, sobre o esquema de segurança.

Serão mobilizados em todo o estado do Rio 22.414 policiais militares e 3.546 viaturas, efetivo 23% superior ao empregado no último réveillon. Só em Copacabana, serão utilizados 2.662 PMs.

Além dos pontos de bloqueio e revista com detectores de metais, haverá torres com canhão de luz na faixa de areia, utilização de quadriciclo no patrulhamento e montagem de tendas na praia.

Armas proibidas

Quem for a Copacabana só poderá portar talheres de plástico. O uso de armas só será permitido a agentes de segurança.

Também haverá reforço em outras regiões do Rio onde haverá eventos públicos com queima de fogos: Aterro do Flamengo, Penha, Ilha do Governador, Piscinão de Ramos, Parque de Madureira, Sepetiba, Pedra de Guaratiba, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes.

As áreas de maior aglomeração serão patrulhadas por helicópteros e drones do Grupamento Aeromóvel (GAM). As imagens serão transmitidas em tempo real para os centros de comando. O esquema especial de policiamento começa às 8h de sábado (31) e se estende até as 20h de domingo (1º).

Publicado por Agencia Brasil

COMPARTILHAR

Related posts

Luan Santana celebra encontro com Cristiano Ronaldo em Portugal, música mais tocada e se prepara para estrear agenda de shows de 2024 no Brasil

Redação

Policia Federal abre inquérito para investigar joias apreendidas

Redação

Formatura de jovens refugiados nas Oficinas de Criatividades acontece nesta sexta em Manaus

Redação

Deixe um comentário