Brasil Principais Notícias

Polícia Federal faz operação para coibir a caça ilegal do Mico Leão Dourado, no interior do RJ

Investigado, que tem histórico de crimes ambientais desde 2001, atua como traficante e comerciante ilegal de animais silvestres e ameaçados de extinção

A Polícia Federal, com apoio do IBAMA, deflagrou, na manhã desta sexta-feira (1/2), a a Operação Anhangá para coibir a caça ilegal do Mico Leão Dourado, no interior do Rio de Janeiro.

As investigações tiveram início em novembro de 2023, em razão da notícia de que armadilhas, para captura de micos-leões-dourados, tinham sido encontradas em Área de Proteção Ambiental Federal, na cidade de Rio Bonito/RJ.

Essa região do interior do estado do Rio de Janeiro (particularmente os municípios de Rio Bonito, Silva Jardim e Casimiro de Abreu) é a única área de ocorrência do mico-leão-dourado na natureza.

Na ação de hoje, policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão, no município de Magé/RJ, expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói.

Além dos mandados de busca e apreensão, também foram expedidas ordens judiciais para monitoração eletrônica dos suspeitos e proibição de acesso ou frequência a unidades de conservação e seu entorno.

Os investigados responderão pela caça, o transporte clandestino, manutenção de animais em cativeiro, maus-tratos, com aumento de pena, tenho em vista que o crime é decorrente de caça profissional, praticado contra espécie ameaçada de extinção, durante a noite e também pelo crime de receptação qualificada.

Por: Polícia Federal 

COMPARTILHAR

Related posts

Petrobras atinge recorde de reinjeção de gás em depósitos subterrâneos

Redação

Edital para credenciamento de instituições sociais no Sesc Mesa Brasil encerra nesta quarta-feira (20)

Redação

Mais dois atletas do UFC marcarão presença no ‘Lutando por Você’

Redação

Deixe um comentário