Brasil Principais Notícias

MJSP vai dobrar investimento em operação voltada ao combate da violência de gênero

Coordenada pelo MJSP, operação Átria pagará R$ 2 milhões em diárias, visando fortalecer ações de prevenção e repressão

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) dobrará, em 2024, o investimento na Operação Átria, voltada à prevenção e ao combate da violência contra a mulher. Entre os crimes apurados no escopo da operação estão o feminicídio, a ameaça, a lesão corporal, o estupro, a importunação, a perseguição (stalking) e o descumprimento de medidas protetivas. 

Neste ano, a Pasta pagará R$ 2 milhões em mais de cinco mil diárias de policiais civis e militares mobilizados para as ações de prevenção e de repressão, que serão realizadas em todo o país. Ao total, cada unidade federativa receberá o valor para 197 diárias. 

O montante foi anunciado em reunião realizada entre a Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Diopi/Senasp/MJSP) e representantes das secretarias estaduais de segurança. 

Coordenada pela Diopi, a Átria conta com a participação, por adesão, dos 26 estados e do Distrito Federal (DF). 

O principal objetivo da operação é fomentar a integração das forças de segurança para atuação coordenada em âmbito nacional, aperfeiçoando a atuação estatal no cumprimento de prisões, apreensões, expedição de medidas protetivas de urgência e ações educativas de prevenção. A Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), a Secretaria Nacional de Enfrentamento à Violência Contra Mulheres do Ministério das Mulheres (Senev/MM) e o Colégio de Coordenadores da Mulher em Situação de Violência Doméstica ( Cocevid) também atuarão na operação.

Números 

Em 2023, a Operação Átria solicitou 37.965 medidas protetivas de urgência, atendeu 79.586 vítimas e prendeu 9.341.

Por: Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP)

COMPARTILHAR

Related posts

PF cumpre mandado contra suspeito de ataques ao presidente Lula

Redação

Política estadual de REDD+ ganha reforço em Roraima

Redação

CGU abre sigilo de 252 pedidos negados no governo anterior

Redação

Deixe um comentário