Principais Notícias

Jovem Amazonense é considerado o Caçador de Talentos da Amazônia

Na exuberante Amazônia, Lucas Melkids, 27 anos, um talentoso artista e empreendedor, está ganhando destaque nacional ao descobrir e desenvolver talentos na região norte do Brasil. Como fundador do renomado instituto Amazônic Trend, ele não só promove a diversidade cultural da Amazônia, mas também é um parceiro local no intercâmbio promovido pelo Instituto C&A.

A paixão do amazonense Lucas Melkids pela riqueza cultural de sua terra o inspirou a fundar o Amazônic Trend, um dos maiores institutos dedicados à descoberta e desenvolvimento de talentos na região norte do Brasil. O foco do instituto vai além dos talentos artísticos, abrangendo diversas áreas, desde moda, cinema, teatro, dança e até as artes tradicionais indígenas, proporcionando oportunidades para jovens de comunidades remotas. 

A parceria estratégica com o Instituto C&A é um marco significativo para Melkids e sua equipe. O intercâmbio traz profissionais de moda da C&A e outros parceiros, entre eles modelos e consultoras, para identificar talentos na região norte do Brasil.

O Instituto é parceiro no mapeamento desses talentos, além disso, com apoio do Instituto C&A, irá oferecer bolsas gratuitas para os 30 modelos indígenas selecionados no projeto. O projeto vai além do âmbito artístico, buscando integrar os talentos indígenas em iniciativas que contribuam para o desenvolvimento profissional. Melkids acredita que o empoderamento através do reconhecimento e desenvolvimento de habilidades é fundamental para construir um futuro mais resiliente e vibrante para os jovens da Amazônia.

Ao visitar as comunidades, não apenas descobre talentos excepcionais, mas também cria oportunidades para mentorias e intercâmbios culturais. O Instituto C&A expressa entusiasmo por realizar essa iniciativa única em Manaus. A parceria reflete o compromisso mútuo de ambas as partes com o desenvolvimento sustentável, a preservação cultural e a promoção da diversidade na região. Junto com o Instituto C&A, estão moldando um futuro onde os talentos da Amazônia não apenas brilham em seus próprios campos, mas também são agentes de mudança positiva em suas comunidades.

À medida que o projeto acontece, fica claro que essa parceria entre a iniciativa privada e organizações comprometidas pode ter um impacto transformador na região. 

Sobre o projeto do Instituto C&A:

A oportunidade “Quero ser Modelo. E Agora” em Manaus é exclusiva para pessoas indígenas, com idade a partir de 16 anos, que sonham em ter uma carreira de modelo comercial ou de passarela e residam em Manaus ou região. As pessoas selecionadas terão uma experiência imersiva com especialistas da C&A Brasil, modelos profissionais indígenas e estilistas, além de receber uma série de benefícios para fortalecer sua trajetória para a carreira de modelo. Quem for selecionado precisa ter disponibilidade de participação em atividades presenciais que acontecem entre 31 de janeiro e 01 de fevereiro. 

O Instituto Amazônic Trend é responsável pelo processo de inscrição e também pelos benefícios para as pessoas indígenas selecionadas.

Manaus Fashion Day: Como parte do Intercâmbio, o Instituto C&A promoverá um evento cultural aberto e gratuito em Manaus no Centro Cultural dos Povos da Amazônia no dia 1 de fevereiro, a partir das 18h30.O projeto será composto por uma feira de artesanatos e roupas de marcas autorais manauaras, além de um desfile de encerramento com as 30 modelos indígenas, indicadas e selecionadas por meio do projeto regional recém-lançado, o “Quero Ser Modelo, e agora?”, do qual fazem parte.  

Por Carvalho Comunicação e Marketing – Assessoria de Imprensa

COMPARTILHAR

Related posts

Operação do Governo Federal salva 18 trabalhadores em condições análogas à escravidão no RS

Redação

Nova aposta de Mc Daniel, Cjota lança clipe do hit “Esqueceu Seu Brinco” ao lado de Yunk Vino e Luccas Carlos

Redação

PF e Receita miram em contribuintes que fraudaram dados

Redação

Deixe um comentário