Manaus Principais Notícias

‘Hora da Merenda’ inicia entrega de kits para alunos de creches e Cmeis

A Prefeitura de Manaus inicia nesta terça-feira, 14/7, a nova etapa da entrega dos kits de alimentos, do projeto “Hora da Merenda”, para famílias com crianças matriculadas na educação infantil da rede municipal de ensino. Desta vez, o projeto segue com a segunda remessa começando pelos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e creches, onde mais de 55 mil alunos serão contemplados. Em seguida, atenderá as demais escolas. Na última sexta-feira, 9, foi concluída a distribuição nas quase 500 unidades escolares do município, com mais de 242 mil estudantes beneficiados.

A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), começou a distribuir, na segunda-feira, 13, os kits para as escolas e até sexta-feira, 17, as 30 unidades da educação infantil terão recebido os alimentos, garantindo alimentação das crianças que estão em casa por conta da pandemia do novo coronavírus. Conforme os Cmeis e creches começarem a receber os alimentos, a gestão escolar entrará em contato com as famílias, para agendar dia e hora da retirada dos produtos. Os kits são compostos por itens como açúcar, arroz, biscoito salgado, feijão carioca, macarrão, achocolatado em pó, leite integral em pó e óleo de soja.

“A preocupação do prefeito Arthur Virgílio Neto é garantir uma alimentação saudável para alunos da rede municipal enquanto estão em casa, por conta da pandemia. Sabemos que alguns desses estudantes têm a merenda escolar como principal refeição, por isso a entrega dos kits vem como forma de auxiliar a segurança alimentar dessas crianças”, explicou o subsecretário de Infraestrutura e Logística da Semed, coronel Darcelo Cavalcante.

Além do “Hora da Merenda”, a iniciativa também contará com a entrega de kits de frutas e verduras, da Agricultura Familiar, destinados a 16 unidades de ensino, por meio da Divisão Distrital Zonal (DDZ). Somente esta semana, 50 toneladas de kits da Agricultura Familiar deverão ser entregues, sendo cada um composto por 12 produtos – incluindo mamão, banana, abacaxi, couve, dentre outros, por aluno. O programa de Agricultura Familiar conta com 13 cooperativas.

“Fizemos a chamada pública, no ano passado, para o programa de Agricultura Familiar, seguindo a determinação do governo federal. Então, estamos com os contratos em vigência e fazendo essa programação para entregar em conjunto com os itens básicos. Sabemos que nós temos crianças que não têm condições hoje de ter uma alimentação saudável e que a alimentação escolar era a única refeição dessa criança. Então, asseguramos que essa criança irá receber essa segunda remessa de kits básicos, garantindo mais um período de assistência”, reforçou o diretor de Suprimentos e Logística da Semed, Leís Batista.

A primeira unidade de ensino a receber a segunda remessa dos kits foi o Cmei Mary Assayag Hannan, no bairro Tarumã, zona Oeste da cidade. Atualmente, a unidade conta com 460 crianças, na faixa etária de 4 a 5 anos, do 1° e 2° período da pré-escola.

“Já fizemos a entrega dos primeiros kits, então essa segunda remessa vai beneficiar novamente esses alunos. Para a entrega, realizamos um cronograma atendendo uma turma, de hora em hora. Temos 22 turmas e levamos em torno de cinco dias para entregar os kits”, comentou a gestora do Cmei, Socorro Ferreira.

A dona de casa Rosana de Souza, 30, mãe de quatro filhos, um deles aluno da unidade de ensino, explicou que o kit veio no momento certo, principalmente, por conta da pandemia do novo coronavírus. “Ajuda bastante, pois quando começou a pandemia, eu e meu marido tivemos que parar de trabalhar. Recebemos o kit quando a professora entrou em contato com a gente, sempre seguindo as orientações de saúde com o uso de máscaras para recebermos”, disse.

Já a autônoma Maria Francisca, 24, conta que a parte de ensinar o filho de 5 anos em casa não foi tão difícil, mas o serviço parado por causa da pandemia sim. “Eu sou autônoma e, devido a pandemia, eu tive que parar com o meu trabalho, na frente da minha casa. Meu esposo trabalha também, mas essa situação afetou o nosso rendimento. E essa Hora da Merenda veio para nos ajudar em casa, na nossa alimentação. Eu recebi isso como uma grande ajuda”, ressaltou.

Após a conclusão das unidades de educação infantil, a próxima etapa de distribuição atenderá alunos do ensino fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Fonte : Prefeitura de Manaus

COMPARTILHAR

Related posts

Com participações de Naiara Azevedo, Tierry e Ícaro & Gilmar, Leo Pires grava DVD em shopping de luxo na zona sul de São Paulo

Redação

Brasil ganhou 28 distritos municipais em 2022

Redação

Abradee inicia no Amazonas pesquisa de satisfação do cliente relacionada a qualidade de energia elétrica

Redação

Deixe um comentário