Agenda cultural Entretenimento Manaus Principais Notícias

Empreendedores e ativistas da periferia realizam evento gratuito em Manaus

Com o objetivo de motivar, valorizar e compartilhar conhecimentos para o desenvolvimento econômico e sustentável das periferias do Norte, acontecerá, neste sábado, 11 de novembro, a partir das 8h, o “Fórum de Negócios de Impacto da Periferia: Somos Raízes”, em Manaus (AM). O evento gratuito será realizado por empreendedores e ativistas para 80 empreendedores. As inscrições podem ser feitas até nesta quinta-feira no link: bit.ly/ForumNIPSomosRaizesManaus.

O evento acontecerá na sede da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), situada na Rua Álvaro Braga, 351, bairro Parque 10 de Novembro – Zona Centro-Sul de Manaus.

A proposta do Fórum é desmistificar o termo “negócios de impacto” e fomentar as conexões na periferia. Podem participar empreendedores, donos de pequenos negócios, ativistas e militantes, líderes de organizações sociais, estudantes e pessoas interessadas na pauta. Os inscritos também terão direito à alimentação e brindes.

A programação inicia às 8h, com as mesas de debate: “Desmistificar o termo negócios de impacto, que parada é essa? Eu sou isso, eu faço isso?”; “Nós somos os especialistas de nossas dores, porque não apoiar o empreendedor da periferia para que ele se torne protagonista e potência?”; e “Tá, mas o que pode ser negócio?”. As mesas reunirão palestrantes que atuam diretamente com empreendedorismo social e inclusivo em Manaus.

Às 15h30, a FAS abrirá seus portões para a comunidade externa participar. Haverá apresentações culturais, com as seguintes atrações: o DJ Bola, turntabilista e produtor cultural; o DJ Carapanã, produtor musical do Estúdio Fundo de Rede e da Vumbora Produção; a DJ Ana Camargo, discoteca e com forte influência do funk; o grupo Kboclos, com canções históricas do Boi-Bumbá e hits originais; a Companhia de Dança Artigo, mostrando os cinco principais estilos das street dance (danças urbanas); e as irmãs Lary Go e Estrela, trazendo a cultura do rap manauara.

Outro destaque é o desfile de moda indígena, promovido pela estilista Yra Tikuna. Haverá 12 modelos de etnias diferentes vestindo roupas de algodão cru e pintadas de maneira artesanal. Além disso, terá uma feira com a venda de produtos de empreendedores da periferia.

Jander Manauara, um dos organizadores do evento, enfatiza a importância do Fórum para a mudança social em Manaus. “Será um evento com ótimas trocas entre os palestrantes e o público, além de proporcionar uma oportunidade incrível de networking. Esse é só o começo da revolução que a periferia irá promover”, convida.

O Fórum é co-realizado pela Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia (ANIP), A Banca, Artemisia e pela Fundação Getulio Vargas Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGVcenn).

A realização local é feita pela Associação Intercultural de Hip Hop Urbanos da Amazônia (AIUHHAM). As parcerias estratégicas são realizadas pela Tamo Junto – Fundação Tide Setúbal, PDR – Fundo Filantrópico, Instituto Sabin, Instituto Nu, Bemol, Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e Impact Hub Manaus.

Fonte: Up Comunicação Inteligente – Emanuelle Aráujo

COMPARTILHAR

Related posts

Pesquisa da Fiocruz Minas aponta aumento do uso de psicofármacos na pandemia

Redação

MPF e advogados acionam Supremo contra deputados em atos golpistas

Redação

PF combate comércio de ouro extraído ilegalmente de TI Yanomami

Redação

Deixe um comentário