Manaus Principais Notícias

Amazonas tem projeto social pioneiro de harmonização orofacial em pessoas trans

Não se identificar com a imagem refletida no espelho é o primeiro passo para decidir fazer mudanças no corpo, seja por meio da cirurgia plástica, ingestão de hormônios ou com a realização de procedimentos estéticos. Pessoas em transição de gênero têm procurado as técnicas da Harmonização Orofacial (HOF) para fazer a adequação corporal, no entanto, a maior parte desse público não consegue arcar com o alto custo. Pensando em atender esse público, a mestre em Ortodontia, especialista em Harmonização Orofacial e professora de pós-graduação na StarClass Cursos, escola especializada em harmonização facial, Dra. Cynthia Cardoso, criou o “Transforma”. O projeto genuinamente amazonense e pioneiro no Brasil foi lançado nesta quinta-feira (15), em uma festa no Casarão de Inovação Cassina, no Centro de Manaus.

De acordo com Cynthia Cardoso, o direito a uma saúde digna e igualitária ainda é uma demanda urgente das pessoas trans. A transição não representa apenas uma mudança de gênero, mas sim de identidade. Portanto, o Transforma nasceu com o intuito de abraçar as pessoas que querem destacar os traços faciais compatíveis com essa identidade de gênero.

“Esse é o primeiro projeto Brasileiro de Harmonização Orofacial voltado para a comunidade TRANS. Nós atendemos os pacientes em fase de tratamento hormonal que não têm condições de arcar com os custos dos procedimentos. Eles são atendidos no Ambulatório de Diversidade Sexual e Gêneros na Policlínica PAM/Codajás por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, dentistas, psicólogos e fonoaudiólogos. Depois, eles são encaminhados à Startclass para iniciar os procedimentos. É um atendimento acolhedor e humanizado por meio de um projeto pioneiro”.

As pessoas trans passam por diversos constrangimentos e as barreiras sociais mexem com o corpo e o psicológico delas, e, por isso, o atendimento o Transforma busca ser humanizado.

“Há uma demanda grande para se conseguir um procedimento transexualizador de forma gratuita ou de baixo custo aqui no Brasil. No geral, há poucos ambulatórios para o público transgênero e nós aqui no Amazonas estamos sendo precursores em oferecer a Harmonização Orofacial a esses pacientes como forma deles se expressarem da forma que for mais confortável e mais próxima do que querem ser”, disse a ginecologista Dária Neves, coordenadora do  Ambulatório de Diversidade Sexual e Gêneros na Policlínica PAM/Codajás.

Durante a festa de lançamento, foram apresentados os objetivos do projeto e casos clínicos em formato documentário. O primeiro episódio contou a história da multiartista amazonense Andira Angeli. 

“Iniciei o meu processo de transição em 2019 e vejo como isso foi importante pra mim. Ver um projeto como o Transforma dando a oportunidade para que outras pessoas trans possam reconhecer o que de fato são, por meio dos seus corpos, é maravilhoso. Estou muito feliz de poder participar dessa iniciativa e espero que sensibilize as autoridades e a sociedade para essa causa importante”, relatou a atriz que está em cartaz com o espetáculo Cabaré Chinelo.

Autoridades, profissionais da imprensa e influenciadores estiveram presentes no evento. Para o vereador Rodrigo Guedes, ações como o Transforma são essenciais para a inclusão das pessoas trans.

“Muitas pessoas trans ainda sofrem com preconceito e violência. Projetos como o Transforma viabiliza que elas tenham igualdade e visibilidade na nossa sociedade”, destacou.

Segundo o “Dossiê Assassinatos e violência contra trabestis e transexuais brasileiras” da Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais), o Brasil é o país com mais mortes de pessoas trans e travestis no mundo pelo 14° ano consecutivo. Segundo o jornalista Clayton Pascarelli, mestre de cerimônias do evento, o dado assusta e mostra a necessidade de ações e políticas públicas que protejam as pessoas trans.

“A transgeneridade não é somente uma questão de aparência. Vai muito além de uma percepção estética. As pessoas trans enfrentam enormes desafios, tendo a sensação de não gostarem dos próprios corpos porque não se reconhecem neles. E isso aumenta quando elas são expostas ao preconceito e à violência. Nós como comunicadores temos a missão de trazer projetos como o Transforma como fonte de informação, como quebra de barreiras, fazendo com que nossa sociedade seja mais igualitária e acolhedora”.

*Como funciona o Transforma?*

Após passarem por todos os procedimentos médicos no Ambulatório de Diversidade Sexual e Gêneros, os pacientes são encaminhados até a Startclass, situada na Rua Rio Jutaí, 433, Conjunto Vieiralves, Zona Centro-Sul de Manaus. Lá, eles passam por um diagnóstico criterioso sobre as metas e desejos a serem alcançados com a HOF.

“A gente precisa considerar aspectos físicos da pessoa, como idade, tipo de pele, assimetrias, presença de flacidez e questões anatômicas para decidir quais procedimentos serão realizados para se chegar no resultado desejado. O tratamento em pessoas trans é peculiar, individualizado e personalizado, conforme a imagem idealizada. Eu sempre falo que uma harmonização facial bem sucedida será aquela em que o paciente ao final se reconhecerá mais satisfeito com o conjunto das características do seu rosto”, destaca a Dra. Cynthia Cardoso.

No projeto Transforma é possível fazer uso da bioestimulação de colágeno, bichectomia, preenchimento labial com ácido hialurônico e aplicação de toxina botulínica. A especialista destaca que uma das vantagens da Harmonização Orofacial é que a maior parte dos procedimentos tem efeito reversível ou temporário.

“Diferente das cirurgias plásticas que são permanentes, os procedimentos da HOF permitem que possamos fazer ajustes de acordo com os critérios técnicos e os desejos do paciente”

A StarClass Cursos é uma escola de pós-graduação na área Odontológica, Implantodontia e Harmonização Orofacial que tem por objetivo qualificar profissionais que atuam na Região Norte. Hoje contamos com cursos de destaque em todas as áreas de reabilitação estética e funcional, como os cursos na área de Cirurgia/Implantes, cuja abordagem e conteúdo são tratados com profundidade, capacitando ainda mais o profissional da saúde para o seu pleno desenvolvimento e atuação profissional.

Fonte BS2 Comunicação

COMPARTILHAR

Related posts

Massa de ar frio baixa as temperaturas no Sul e Sudeste do país

Redação

15 anos: Marcos & Belutti dão continuidade aos lançamentos do álbum e juntam o sertanejo com o pagode

Redação

Los Matrinxãs celebram 6 anos de sucesso com um evento especial no 5HT GastroBar

Redação

Deixe um comentário