Brasil Principais Notícias

15 de Abril: Dia Nacional de Conservação do Solo

DNOCS destaca o trabalho realizado pelos geólogos da Autarquia

Nesta segunda-feira, dia 15 de abril, comemora-se o Dia Nacional de Conservação do Solo. O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) destaca a importância de um solo saudável para a sustentabilidade ambiental e a segurança alimentar. Por isso, convidamos você a refletir sobre a relevância da conservação do solo.

O Dia Nacional da Conservação do Solo foi estabelecido pela Lei n° 7.876/1989. A criação desta data foi uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). A data foi selecionada em homenagem ao nascimento do agrimensor e pesquisador norte-americano Hugh Hammond Bennett, em 15 de abril de 1881. Bennett desempenhou um importante papel na promoção da luta contra a erosão do solo. Em 1935, ele fundou o Serviço de Conservação do Solo, nos Estados Unidos (EUA), e atuou como diretor até sua aposentadoria em 1951. Após a morte dele, em 7 de julho de 1960, Bennett foi reconhecido como o Pai da Conservação do Solo nos EUA, tendo influenciado muitos pesquisadores, inclusive no Brasil.

O solo desempenha um papel fundamental na produção de alimentos, na filtragem da água, na regulação do clima e na manutenção da biodiversidade. No entanto, ele está enfrentando sérios desafios de degradação devido à urbanização, ao uso inadequado da terra, à poluição e às mudanças climáticas. Por esses e outros motivos, a conservação do solo é tão importante para o planeta.

Leia também: Atenção ao povo brasileiro voltou, diz Lula sobre Programa Cisternas

No DNOCS, existe um trabalho minucioso para o uso do solo, especialmente, relacionado às atividades que abrangem o semiárido brasileiro, área de atuação da Autarquia. Cada poço perfurado, barragem construída, perímetro irrigado, entre outras ações, são desempenhados estudos e o emprego de técnicas corretas para o melhor uso dos vários tipos de terrenos.

De acordo com o geólogo da Coordenadoria Estadual do DNOCS no Ceará (CEST/CE), Paulo Roberto Silva Santos, o trabalho do geólogo na Autarquia se realiza, principalmente, no acompanhamento de ensaios geotécnicos de caracterização geofísica, como: limite de liquidez, umidade, densidade in situ, granulometria e compactação, visando verificar a qualidade do produto de aterros que serão lançados em canais de irrigação, barragens de terra, estradas, adutoras, entre outros.

As atividades desses profissionais são executadas tanto em campo, com coleta de materiais, como também em ensaios de laboratório, emitindo pareceres sobre a segurança de se usar esse solo nas infraestruturas das edificações. Paulo Roberto explica ainda que uma das atividades do corpo técnico é acompanhar equipes de estudos para caracterizar diferentes tipos de solos em áreas de Perímetros Irrigados do DNOCS. Isso inclui a análise da textura, estrutura, composição mineralógica, permeabilidade, porosidade, erosão e instabilidade do solo.

Leia também: Brasil lidera coalizão por fundo global para a proteção florestal

O trabalho realizado pelos profissionais da Autarquia é de suma importância para a produção agrícola nos perímetros irrigados e interfere na qualidade dos produtos que chegam na mesa dos brasileiros. Solos saudáveis e bem preservados garantem a disponibilidade de nutrientes para as plantações e reduzem a erosão, contribuindo para a manutenção da biodiversidade. Para isso, é necessário que todos se conscientizem da importância de manter o solo conservado. “É importante o esclarecimento adequado para tratar o solo no campo da sustentabilidade ambiental, englobando fatores econômicos e sociais. A população também pode se envolver através da promoção de políticas públicas”, ressalta Paulo Roberto.

O Dia Nacional de Conservação do Solo é uma oportunidade para refletirmos sobre os desafios que enfrentamos e as medidas que podemos tomar para proteger e preservar esse recurso tão precioso para o planeta. Ao adotarmos práticas de conservação e apoiarmos instituições, sejam elas governamentais ou não, estamos garantindo um futuro mais próspero e saudável para as futuras gerações.

Por: Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS)

COMPARTILHAR

Related posts

PM atira bombas de gás contra protesto indígena e libera rodovia em SP

Redação

NOTA DO GOVERNO DO AMAZONAS – Wilson Lima afirma que o pedido de impeachment que tramita na ALE-AM, está sob análise jurídica.

Redação

3ª edição do Universo Geek tem como destaque o tema “Game Of Thrones”

Redação

Deixe um comentário