Brasil Principais Notícias

Sisu ofertará mais de 15 mil vagas em Pernambuco

Quantitativo corresponde a 5,7% do total de vagas do Sistema de Seleção Unificada 2024. Período de inscrição será de 22 a 25 de janeiro pelo portal Acesso Único

O processo seletivo de 2024 para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) disponibilizará 15.011 vagas no estado de Pernambuco, que correspondem às oportunidades das suas sete instituições públicas de educação superior no próprio território e alocadas em outros estados. O número corresponde a 5,7% do total de vagas do programa (264.360), que terá somente uma etapa de inscrição de candidatos para todo o ano. Os quantitativos de vagas são preliminares e podem mudar até o início das inscrições.

Ao todo, em Pernambuco tem seis instituições federais e uma estadual participando do Sisu 2024. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) é a instituição pernambucana com o maior número de oportunidades, com 7.012. Na sequência, estão a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), com 3.620, e a Universidade de Pernambuco, que oferecerá 1.800.

Confira a lista de vagas por instituição pública de Pernambuco: 

Instituição Número de vagas 
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)7.012
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)3.620
Universidade de Pernambuco (UPE)1.800
Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)1.189
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF SERTÃO-PE)969
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia De Pernambuco (IFPE)581
Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE)560

Fonte: Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação (MEC). Dados de 12/1/2024. 

Inscrições – O período para se inscrever no processo seletivo do Sisu 2024 será de 22 a 25 de janeiro, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior . A inscrição é gratuita, e podem realizá-la todos os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. Além disso, é preciso que o candidato tenha obtido nota acima de zero na prova de redação, conforme a Portaria MEC n. 391/2002, e não tenha participado do Enem 2023 na condição de treineiro (candidato que não concluiu o ensino médio e participa do exame para fins de autoavaliação).

A edição terá uma única etapa de inscrição às vagas ofertadas pelas instituições participantes para todo o ano. Serão oferecidas vagas de cursos com início previsto das aulas para o primeiro e o segundo semestre de 2024, de acordo com os Termos de Adesão assinados pelas 127 instituições de ensino superior que aderiram à seleção.

Novidade – O Ministério da Educação divulgou o Edital n. 22/2023 , referente ao processo seletivo do Sisu 2024, no dia 29 de dezembro de 2023. A novidade da edição de 2024 é que a seleção deste ano seguirá as alterações estabelecidas na nova Lei de Cotas. Com isso, todos os candidatos inscritos na modalidade dessa Lei serão classificados conforme o seu desempenho no Enem e o seu perfil socioeconômico, preenchido na inscrição no Sisu, primeiramente na modalidade de ampla concorrência. Em seguida, caso não sejam selecionados nessa modalidade, serão classificados nas reservas da Lei de Cotas atendidas pelo seu perfil socioeconômico, podendo haver seleção em uma dessas modalidades da Lei, conforme o art. 20 da Portaria Normativa n. 21/2012 (alterada pela Portaria n. 2027, de 16 de novembro de 2023). O objetivo é beneficiar, sem distorções, os candidatos realmente demandantes de política compensatória para acesso ao ensino superior.

Nesse sentido, todas as instituições de educação superior participantes do Sisu 2024 seguirão os dados de distribuição de vagas conforme os percentuais atualizados do Censo 2022, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A oferta de vagas reservadas observará a proporção de estudantes de escolas públicas, de baixa renda, com deficiência, pretos, pardos, indígenas e, segundo a atualização da Lei de Cotas, quilombolas.

Confira o cronograma completo do Sisu 2024: ..

Sisu – O Sistema de Seleção Unificada foi instituído pela Portaria Normativa n. 2, de 26 de janeiro de 2010, e atualmente está regulamentado pela Portaria Normativa n. 21, de 5 de novembro de 2012. O Sistema reúne as vagas ofertadas por instituições públicas de ensino superior de todo o Brasil, que participam do processo seletivo vigente, sendo a maioria delas oferecida por instituições federais (universidades e institutos).

Por: Ministério da Educação

COMPARTILHAR

Related posts

Comunidade Portelinha no bairro Lírio do Vale 2 recebe “Atendimento Comunitário” da Amazonas Energia

Redação

Pesquisa da Uerj analisa campanhas públicas contra violência de gênero

Redação

MEIO AMBIENTE: Iranduba: Ipaam dá prazo de 30 dias para parecer sobre projeto do aterro

Redação

Deixe um comentário