Brasil Principais Notícias

Serpro inaugura espaço próprio no Porto Digital para fomentar a inovação no Estado brasileiro

Estatal de tecnologia do Governo Federal lançou sua sala no parque tecnológico pernambucano

Uma sala no Porto Digital, no coração do Recife. O Serpro lançou nesta quarta-feira, 14 de março, um espaço próprio dentro no parque tecnológico pernambucano, um movimento que a estatal de inteligência de TI está fazendo em diversos lugares do Brasil. O presidente do Serpro, Alexandre Amorim, ressalta que estar no Porto Digital é um movimento que a empresa está fazendo de forma semelhante em todo o Brasil, que é se aproximar, cada vez mais, dos ecossistemas de inovação e de parcerias.

A inserção do Serpro nesses ecossistemas, segundo o presidente, são ações cruciais para a sustentabilidade e a evolução contínua da empresa. “É muito importante para qualquer instituição buscar parcerias, participar de ambientes de troca de informações, para ter agilidade na busca por novas tecnologias, tecnologias disruptivas, possibilitando que essas inovações sejam incorporadas de forma mais rápida”, acrescentou o presidente, que traz foco para esse assunto desde o ano passado.

Pierre e Amorim.jpgPierre Lucena, presidente do Porto Digital, declara que a inauguração do espaço do Serpro no prédio principal do parque é um momento marcado com muito simbolismo. “É a chegada de uma empresa do governo federal, é a primeira empresa de processamento de dados do governo federal a ser instalada dentro do Porto Digital. Mas mais do que isso, representa a possibilidade de muitas parcerias das nossas empresas com o Serpro, habilitando-as a trabalhar no setor público em todo o Brasil. Essa abertura, para gente, é motivo de muito orgulho”, comemora Lucena.

O executivo do Serpro reafirmou que a diversidade de ideias e de modelos de negócios que circulam nesses ecossistemas é considerada essencial para uma verdadeira inovação, apoiando a formação de uma cultura interna dinâmica. Para Amorim, a interação com startups e outras empresas fortalece a rede de serviços do Serpro, com o foco central em beneficiar o cidadão brasileiro. A empresa busca conhecer as melhores práticas de inovação em todo o Brasil, reconhecendo que a evolução sustentável requer pesquisa, desenvolvimento e uma abordagem colaborativa.

“A ideia no final do dia é justamente conseguir abrir os horizontes, incorporar a tecnologia e atender melhor nosso cliente e o cidadão. Porque essa é a lógica, a gente precisa se abrir e explorar novos mundos para ser inovador”, analisou Amorim.

Autoridades e especialistas visitaram a nova sala

Na inauguração, além do presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, também estiveram presentes o secretário de Governo Digital do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), Rogério Mascarenhas, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Guila Calheiros, a secretária de Desenvolvimento Econômico Joana Portela Florêncio, e o de Ciência, Tecnologia e Inovação, Rafael Figueredo, ambos do município do Recife.

Também prestigiaram a inauguração, o diretor-presidente da Empresa Municipal de Informática da capital pernambucana (Emprel), Bernardo D’Almeida, e o presidente da Associação Nacional das Cidades Inteligentes, Tecnológicas e Inovadoras (Anciti), Johann Dantas, além do deputado federal Carlos Veras (PT/PE), dentre outras autoridades e especialistas.

Rogério Mascarenhas parabenizou a iniciativa do Serpro. “Recife é uma cidade que respira inovação e tecnologia. É um espaço que eu acho muito importante, com o Serpro aproveitando essa extensão regional aqui. Só vejo ganhos, tanto na relação com a sociedade, como também internamente na própria empresa”, afirmou o secretário da SGD.

“Essa chegada do Serpro efetiva aqui na cidade demonstra como Recife está preparada para os negócios de tecnologia e inovação. Coloco a secretaria à disposição para vocês se aproximarem cada vez mais ao empresariado e ao cidadão recifense”, afirmou a secretária municipal, Joana Portela.

Guila Calheiros do MCTI enalteceu o Bairro do Recife, onde está localizado o Porto Digital e afirmou que a presença na região possibilita não só as interações formais, mas também as informais. “Essas trocas informais são ainda mais ricas, mais simbólicas, para a construção das parcerias que vão surgir a partir daqui”, compartilhou.

O deputado federal Carlos Veras ressaltou que a inauguração do espaço reflete um momento de fortalecimento da democracia e da soberania nacional. “Essa chegada do Serpro aqui no Porto Digital, com a valorização do papel essencial que a empresa tem no país mostra que a gente está no caminho certo. Nós do Recife, de Pernambuco, do Brasil, precisamos de vocês”, comemorou o parlamentar.

inauguracao sala serpro no porto digital v2.jpg

Chegada ao Porto Digital

O Porto Digital, localizado Cais do Apolo, no Bairro do Recife, é um dos principais ecossistemas de inovação e tecnologia do Nordeste brasileiro. Concentra uma vastidão de startups, empresas de tecnologia e centros de pesquisa, impulsionando o desenvolvimento econômico e social da região e contribuindo para a criação de empregos qualificados e para o avanço da inovação. Além disso, o parque tecnológico serve como um exemplo inspirador de como a colaboração entre o setor público, privado e acadêmico pode gerar impactos positivos significativos na região.

Para o representante regional do Serpro, Carlos Alexandria, a entrega de uma sala no Porto Digital é importantíssima para permitir acessar, em primeira ordem, o ecossistema de empresas e instituições públicas que estão instaladas naquele hub. “Através dessa sala, o núcleo de gestão do Porto Digital nos coloca em contato por agendas que vamos implementando com essas instituições. A sala permite essas conexões, e sua utilização será justamente para fazer a recepção dessas empresas, dessas instituições e aqui estamos falando de grandes empresas, empresas de grande porte que fazem parte do Porto Digital”, conta Alexandria, gerente de departamento de Negócio para Governo e Privado.

O gerente também destaca que várias instituições públicas tanto de nível estadual quanto de nível municipal migraram para o parque tecnológico, implantando ali seus times de transformação digital e desenvolvimento. “Estarmos com um espaço no Porto Digital nos permite, ainda, essas conexões com o setor público, potenciais clientes para receberem as apresentações dos nossos produtos e serviços, nossas soluções, em um ambiente que inspira e transpira a inovação, o que acaba facilitando muito o fechamento de negócios. Adquirir nossos serviços passa, muitas vezes, por decisões emocionais e ter um primeiro momento de forma presencial, com a oportunidade de demonstração das nossas soluções, em ambiente de altíssima qualidade com certeza promoverá conexões determinantes”, detalha Carlos Alexandria.

Ecossistemas de inovação: um Serpro ainda mais conectado

As parcerias para o Serpro mostram-se extremamente saudáveis e fazem sentido para que a estatal prospere nesses ambientes de negócios, trazendo inovação. No Recife, a empresa passou a fazer parte do Porto Digital, mas saiba também quais são os outros espaços pelo Brasil.

Em Belo Horizonte (MG), o Serpro dialoga com as universidades Federal e Católica, além de idealizar a transformação do prédio da Regional Belo Horizonte da estatal em um hub de inovação. Em São Paulo (SP), o Serpro passou a integrar o Cubo Itaú, uma das maiores incubadoras de empresas vinculadas ao banco Itaú.

A empresa formalizou, em janeiro, a sua entrada no Instituto Caldeira, em Porto Alegre (RS), um ponto de convergência entre empresas, startups, instituições acadêmicas e o governo. O Serpro também está finalizando sua integração com o Biotic, em Brasília (DF), além fazendo projetos de pesquisa e inovação com a Universidade Federal de Goiás (GO) e se aproximando dos Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs).

Por: Serpro

COMPARTILHAR

Related posts

Dino: governo colocou fim à espetacularização no combate à corrupção

Redação

Lista do trabalho escravo tem cervejaria e recorde de empregadores

Redação

Dia Internacional da Mulher: celebração e alerta para a saúde feminina

Redação

Deixe um comentário