Política Principais Notícias

Sassá pede multa a Bolsonaro e Menezes por participarem de ‘motociata’ sem capacete

O vereador já realizou um requerimento e enviará amanhã o documento para o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) para questionar se já foram aplicadas as multas contra o presidente e o Coronel Menezes

Manaus (AM) – Durante a sessão da Câmara dos Deputados, na manhã desta segunda-feira (20), o parlamentar Sassá da Construção (PT) criticou o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o Coronel Alfredo Menezes (PL) por participarem da ‘motociata’ sem o uso do capacete de proteção, neste sábado (18), em Manaus. Na tribuna, ele pediu a aplicação de multa para ambos.

O vereador informou ao Em Tempo que já realizou um requerimento e enviará amanhã o documento para o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) para questionar se já foram aplicadas as multas contra o presidente e o Coronel Menezes.

“Eu acho que se a multa for para o trabalhador, por que a multa não é aplicada no presidente ou no vereador e deputado?  Tem que ser igual. Então, eu estou pedindo que cumpra a lei. A lei tem que ser cumprida”,

disse o vereador.

Para ele, a lei deve ser cumprida e precisa ser seguida por todos os cidadãos, da mesma forma também vale para aqueles que ocupam uma posição de poder e de gerenciamento na sociedade.

“Hoje nós temos a lei do município, e várias leis nas capitais do Brasil, portanto é uma lei do uso de capacetes. Hoje qualquer trabalhador, qualquer ser humano que for pego sem usar o capacete receberá uma multa de duzentos reais, quinhentos reais, dependendo da inflação. Então, por que ele não foi multado, e por que que os outros são multados?”,

questionou.

De acordo com o vereador, o comportamento do presidente na motociata, sem portar o instrumento de proteção, reflete a falta de respeito com a própria democracia, e com as leis. Também ressalta a importância de o chefe do executivo servir de exemplo para a sociedade.

“Como eu sou o vereador, eu vou dar algum exemplo para o eleitor, para o povo de Manaus. Assim deveria ser a mesma coisa para ele. Você tem que dar bom exemplo para sociedade, tem que usar capacete. Se a lei existe, ela deve ser cumprida. Muita gente vê um presidente sem capacete, e vê o coronel Menezes sem capacete, então as pessoas acabam não usando. Como vamos cobrar se o outro não está usando? ”, pontuou o vereador.

Publicado por Em Tempo

COMPARTILHAR

Related posts

“BBB22”: Eslovênia revela “treta antiga” com Larissa, da Casa de Vidro

Redação

Moro vira réu em ação do PT por supostos prejuízos a Petrobras

Redação

Conheça Lucas Omulek, o novo affair de Anitta

Redação

Deixe um comentário