Colunismo social Entretenimento Principais Notícias

Netlix retira nome de Shia LaBeouf de premiação em meio a processo de FKA Twigs

O ator enfrenta um processo judicial movido pela cantora FKA Twigs

A Netflix colocou Vanessa Kirby, co-estrela de Shia LaBeouf, 34, em “Pieces of a Woman”, como melhor atriz, mas omitiu o nome do ator da lista dos vencedores do prêmio da plataforma.

O ator enfrenta um processo judicial movido pela cantora FKA Twigs, 32. Shia estava entre os agraciados como melhor ator pelo filme.

Em reportagem publicada no jornal The New York Times, Twigs relata uma série de ocasiões, ao longo do relacionamento com LaBeouf, em que ele teria sido agressivo e violento. Ela também afirma que o ator lhe transmitiu doença sexualmente transmissível “conscientemente”.

Twigs disse que, certa vez, acordou sendo enforcada por ele, que chegou a ser pressionada e até mesmo a ter a vida colocada em risco pelo ex.

LaBeouf respondeu por e-mail ao jornal dizendo: “Não estou em posição de dizer a ninguém como meu comportamento os fez se sentir. Não tenho desculpas para o meu alcoolismo ou agressão, apenas racionalizações. Tenho sido abusivo comigo mesmo e com todos ao meu redor por anos. Tenho um histórico de ferir as pessoas mais próximas de mim. Tenho vergonha dessa história e sinto muito por aqueles que magoei. Não há mais nada que eu possa realmente dizer.”

A cantora australiana Sia, 44, usou as redes sociais para se manifestar sobre o caso. Através do Twitter, a cantora disse que também viveu um relacionamento abusivo com o artista.

“Eu também fui ferida emocionalmente por Shia, um mentiroso patológico, que me enganou em um relacionamento adúltero alegando ser solteiro. Acredito que ele está muito doente e tenho compaixão por ele e suas vítimas.”

Os dois namoraram em 2019 por menos de um ano, e agora estão na Justiça do Tribunal Superior de Los Angeles. Mas antes desse relacionamento, Sia também se envolveu amorosamente com o astro da franquia de “Transformers”.

Sia também parabenizou FKA Twigs por levar o caso na Justiça. “Eu te amo, isso foi muito corajoso e estou muito orgulhosa de você”, completou a voz do sucesso da música “Chandelier”, lançada em 2014. No ano seguinte, Sia convidou o ator para protagonizar o videoclipe da canção “Elastic Heart”. Ele contracenou com a atriz e dançarina Maddie Ziegler.

Em resposta, internautas e fãs da cantora afirmaram que não irão assistir mais ao clipe. “A música continua ótima, mas não irei assistir mais ao videoclipe. Eu sempre senti algo estranho em relação a ele quando assistia ao vídeo e não estou surpresa em descobrir essa história”, comentou um seguidor.

Publicado por Folhapress

COMPARTILHAR

Related posts

Andressa Suita diz que pedido de separação partiu de Gusttavo Lima

Redação

“Qual o problema? Vão matar?”, questiona mulher de Queiroz em mensagem interceptada pelo MP

Redação

Como uma garota usou o Pix para falar com ex-namorado que a havia bloqueado

Redação

Deixe um comentário