Política Principais Notícias

Governadores criticam Bolsonaro após saída de Teich: ‘Caldeirão de intriga’

O pedido de demissão de Nelson Teich do ministério da Saúde provocou rápida reação entre as mais diferentes personalidades políticas. As críticas recaíram especialmente sobre o presidente Jair Bolsonaro, principalmente entre os governadores.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez um longo discurso atacando o presidente em sua entrevista no Palácio dos Bandeirantes e disse que ele coloca o país em um “caldeirão interminável de intriga” em meio ao combate à pandemia do novo coronavírus.

“O Brasil acorda assustado com as crises diárias de agressões a democracia, ao Congresso, ao STF, a imprensa, agressões a ministros do seu próprio governo. Como senhor fez e continua fazer. Fez com Bebbiano, com Santos Cruz, com Sergio Moro , fez com Mandetta e fez agora com Nelson Teich. Presidente, governe. administre o seu país com equilíbrio, paz no coração, discernimento e grandeza. Pare com as agressões, de colocar o país em um caldeirão interminável de intriga. O país precisa estar em paz”, completou.

Depois, ele tuitou que o “barco está à deriva”.

João Doria@jdoriajr

🙏

Mais um ministro da Saúde, que acredita na ciência, deixa o governo Bolsonaro. No momento em que a curva de mortes pelo coronavírus acelera, o Brasil perde com a saída de Nelson Teich. O barco está à deriva.
Que Deus proteja o Brasil e os brasileiros. 7,17612:59 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy2,731 people are talking about this

Nas redes sociais, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) também se manifestou, dizendo que a interferência do presidente atrapalha o combate à pandemia.

“Minha solidariedade, ministro Teich. Presidente Bolsonaro, ninguém vai conseguir fazer um trabalho sério com sua interferência nos ministérios e na Polícia Federal. É por isso que governadores e prefeitos precisam conduzir a crise da pandemia e não o senhor, presidente”, escreveu.

Wilson Witzel@wilsonwitzel

Minha solidariedade, ministro @TeichNelson. Presidente Bolsonaro, ninguém vai conseguir fazer um trabalho sério com sua interferência nos ministérios e na Polícia Federal. É por isso que governadores e prefeitos precisam conduzir a crise da pandemia e não o senhor, presidente.3,91111:31 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy2,308 people are talking about this

O governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), disse que a “confusão que Bolsonaro cria é única no planeta”.

“A confusão que Bolsonaro cria é única no planeta. Espero que as instituições julguem o quanto antes a produção de tantos desastres, entre os quais a demissão de DOIS ministros da Saúde em meio a uma gigantesca crise sanitária. O Brasil merece uma gestão séria e competente”, escreveu.

Flávio Dino @FlavioDino

A confusão que Bolsonaro cria é única no planeta. Espero que as instituições julguem o quanto antes a produção de tantos desastres, entre os quais a demissão de DOIS ministros da Saúde em meio a uma gigantesca crise sanitária. O Brasil merece uma gestão séria e competente.12.5K11:12 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy2,713 people are talking about this

Outros governadores que se manifestaram nas redes sociais também fizeram críticas a Bolsonaro. Veja abaixo:

Camilo Santana (PT), governador do Ceará:

Camilo Santana@CamiloSantanaCE

A saída do segundo ministro da Saúde em menos de um mês traz enorme insegurança e preocupação. É inadmissível que, diante da gravíssima crise sanitária que vivemos, o foco do Governo Federal continue sendo em torno de discussões políticas e ideológicas. Isso é uma afronta ao país6,29811:48 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy1,307 people are talking about this

Renato Casagrande (PSB), governador do Espírito Santo:

Renato Casagrande@Casagrande_ES

A saída de mais um ministro da saúde em meio a pandemia, mostra como estamos à deriva no enfrentamento à crise por parte do governo federal. Ou o PR deixa o ministério agir, segundo as orientações da OMS ou vamos perder cada vez mais brasileiros.1,41411:32 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy522 people are talking about this

Rui Costa (PT), governador da Bahia:

Rui Costa@costa_rui

Inaceitável. Plena #pandemia, em 30 dias, dois ministros da Saúde demitidos por não aceitarem seguir as orientações médicas de um presidente que nada entende de Saúde. O país exige respeito à vida, à medicina e à ciência.9611:27 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy220 people are talking about this

Waldez Góes (PDT), governador do Amapá:

Waldez Góes@waldezoficial

A demissão do ministro Teich em menos de 30 dias aumenta ainda mais a insegurança quanto ao enfrentamento à pandemia do coronavírus, que deveria ser coordenado pelo governo federal.611:16 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy29 people are talking about this

Wellington Dias (PT), governador do Piauí:

Wellington Dias@wdiaspi

O país tem que encontrar o seu rumo, não é razoável a decisão de mudar dois ministros em tão poucos dias, especialmente quando estes ministros anunciam um conjunto de medidas pactuadas com estados, municípios, ciência, autorizando pesquisa, autorizando compra de equipamentos.851:08 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy40 people are talking about this

Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco:

Paulo Câmara 40@PauloCamara40 · 1h

Em menos de 30 dias, em uma fase crítica da pandemia, o Brasil perde o segundo ministro da Saúde. Gestores locais têm adotado um caminho para combater a crise, ouvindo a ciência, o país parece não ter encontrado um. E milhares de vidas seguem expostas.

Paulo Câmara 40@PauloCamara40

O presidente só investe em divisões internas e externas, a população sofre. Não se pode enfrentar uma pandemia pautado por ideologia, sem considerar ciência e realidade. Nossa única guerra é contra a Covid-19. Nela, infelizmente, o presidente é o comandante que não sabe liderar.1092:13 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy38 people are talking about this

Haddad ironiza

A saída de Teich também provocou reação entre adversários de Bolsonaro nas últimas eleições. Fernando Haddad (PT) se manifestou com ironia, enquanto Ciro Gomes (PDT) preferiu uma crítica direta. João Amoedo (Novo) e Guilherme Boulos (PSOL) também se manifestaram

Fernando Haddad@Haddad_Fernando

Quem será o próximo ministro da Saúde? Tanto faz, enquanto Bolsonaro estiver presidente.68.4K11:43 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy13.8K people are talking about this

Ciro Gomes@cirogomes

Parece brincadeira… mas é irresponsabilidade assassina! Bolsonaro provoca demissão do recém nomeado ministro da saúde. Razão alegada: o ministro, que é medico, apesar de toda sua incompetência e patetice, não aceitou promover o genocídio que Bolsonaro parece querer provocar!25.2K11:15 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy4,686 people are talking about this

João Amoêdo@joaoamoedonovo

Bolsonaro demonstra, uma vez mais, seu despreparo para o cargo que ocupa. Sua postura autoritária reflete sua incapacidade de liderar.

Temos um presidente que coloca em risco a saúde de milhões de brasileiros e a economia do País. Até quando?7,90312:09 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy2,974 people are talking about this

Guilherme Boulos@GuilhermeBoulos

Tech é o segundo Ministro da Saúde demitido em menos de 1 mês. E o Brasil avança como um dos países com maior mortalidade pelo Coronavírus. Parece que quem precisa ser demitido é o Presidente.9,31211:19 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy1,943 people are talking about this

Moro e Mandetta se manifestaram indiretamente

Dois ministros que deixaram recentemente o governo, Sergio Moro e Luis Henrique Mandetta escreveram no Twitter mensagens indiretas sobre a saída de Nelson Teich. Tanto o ex-titular da pasta de Justiça e Segurança Pública como o antecessor de Teich citaram a situação da pandemia logo após o anúncio da demissão.

Sergio Moro@SF_Moro

Cenário difícil, em plena pandemia, 13993 mortes até ontem. Números crescentes a cada dia. Cuide-se e cuide dos outros.64.6K12:03 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy18K people are talking about this

Henrique Mandetta@lhmandetta

Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência. Fé! #FicaEmCasa173K11:27 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy38K people are talking about this

Parlamentares e partidos também se manifestam

Entre os parlamentares, a oposição também focou as críticas em cima de Bolsonaro, enquanto deputados da base de apoio acenaram que a mudança pode ajudar no combate à pandemia do coronavírus com a nomeação de um ministro mais alinhado com o presidente, principalmente em relação ao uso da cloroquina.

Confira algumas manifestações abaixo:

Marco Feliciano (Republicanos-SP), deputado:

 Marco Feliciano@marcofeliciano

Parabéns PR @jairbolsonaro pela firmeza! Em meio à pandemia precisamos do Líder que tem pulso firme para liderar a Nação. Se Teich era contra o uso da cloroquina já vai tarde! Precisamos com urgência liberar o uso p/ salvar milhares de vidas! Países mais avançados já liberaram!

View image on Twitter

5,91611:25 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy2,760 people are talking about this

Felipe Rigoni (PSB-ES), deputado:

Felipe Rigoni@rigoni_felipe

É inacreditável o que está acontecendo. Em meio à pandemia, mais uma vez, o Ministério da Saúde vai trocar de mãos. Uma irresponsabilidade total e que só piora o nosso cenário. Já está na hora do presidente deixar os seus ministros trabalharem. Menos ego e mais ciência.1,53211:34 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy232 people are talking about this

Alessandro Molon (PSB-RJ), deputado:

Alessandro Molon@alessandromolon

2 ministros da Saúde
14 mil mortos pelo coronavírus
Mais de 200 mil casos
Nenhum plano sério!

Bolsonaro não quer um ministro técnico; ele quer alguém que concorde com suas insanidades ideológicas. O pedido de #ImpeachmentJá apresentado pelo PSB precisa avançar!1,76111:38 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy424 people are talking about this

Tabata Amaral (PDT-SP), deputada:

Tabata Amaral@tabataamaralsp

Somos o único país a, durante uma pandemia, trocar o Ministro da Saúde 2 vezes. Bolsonaro só quer perto de si aqueles que compactuam com a ignorância. Estamos perdendo centenas de vidas por dia. Já é mais do que evidente que o PR escolheu ser parte do problema, e não da solução.6,92911:44 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy1,467 people are talking about this

Carla Zambelli (PSL-SP), deputada:

Carla Zambelli@CarlaZambelli38 · 3h

ATENÇÃO: A @AMB_oficial nos confirmou que está preparando um estudo observacional para que seja posto em prática o Protocolo da Hidroxicloroquina, DESDE O INÍCIO DOS SINTOMAS, mediante concordância do médico e consentimento do paciente/família.

Carla Zambelli@CarlaZambelli38

Independentemente de que vai assumir o @minsaude, temos que aplicar o Protocolo da Hidroxicloroquina, e o estudo já está sendo preparado pela @AMB_oficial.

O Brasil PRECISA desse protocolo para salvar vidas.5,85312:05 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy1,638 people are talking about this

Esperidião Amin (Progressistas-SC), senador:

Esperidião Amin@esperidiaoamin_

Eu acho que a saída do Nelson Teich foi uma coisa muito grave e ruim para o país. É a grande guerra brasileira. A guerra da preservação de vidas. É a batalha pela preservação da vida dos brasileiros.361:49 PM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy48 people are talking about this

Quanto aos partidos, PT, PSDB e Novo, entre outros, se pronunciaram:

PT Brasil@ptbrasil

Bolsonaro contra os brasileiros!
Essa semana, o presidente antipovo convocou um grupo de empresários para pressionar e em suas palavras: declarar “guerra” os governadores pela reabertura do comércio.

View image on Twitter

18911:54 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy61 people are talking about this

PSDB@PSDBoficial

A saída de Nelson Teich do ministério da Saúde confirma o que os brasileiros já sabiam. O governo brasileiro não tem planos factíveis para combater a pandemia que nos ameaça.22811:26 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy64 people are talking about this

MDB Nacional@MDB_Nacional

Posição da Liderança do MDB. https://twitter.com/eduardobraga_am/status/1261323000432996353 …Sen. Eduardo Braga@EduardoBraga_AMA saída do min. Teich, eleva ainda mais a temperatura da crise na saúde. O precisa de uma condução responsável e equilibrada em meio à pandemia. Esperamos que a escolha do futuro ministro seja orientada por critérios técnicos e que o @minsaude siga alinhado com a ciência. https://twitter.com/g1/status/1261312037000536070 …511:57 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacySee MDB Nacional’s other Tweets

NOVO 30@partidonovo30

O NOVO vê com extrema preocupação a saída de mais um ministro da Saúde durante a pior pandemia em 100 anos. O momento pede, mais do que nunca, planejamento, gestão e alinhamento entre todos os órgãos e entes federativos. Justamente o oposto do que tem sido feito até agora.89011:37 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy146 people are talking about this

Deputados Democratas@DeputadosDEM

@TeichNelson parte sem deixar saudades. A impressão é de que ele nunca assumiu realmente…. foi praticamente um mês perdido de @minsaude no ponto mais crítico da pandemia”, afirma @efraimfilho, líder do @democratas na @camaradeputados.12311:40 AM – May 15, 2020Twitter Ads info and privacy

Publicado por UOL

COMPARTILHAR

Related posts

Mara Maravilha vai processar o jogador Hulk após polêmica na web

Redação

Deltan critica aproximação de Bolsonaro com investigados por corrupção

Redação

Semáforos de pedestres da Paulista vão mostrar casais homoafetivos durante Parada LGBT

Redação

Deixe um comentário